Homem adora uma pistoleira

Postado em 13 de ago de 2010 / Por Marcus Vinicius

Duvido que você, homem, nunca ouviu essa frase e que você, mulher, nunca a pronunciou ainda que de forma um pouco diferente. Todo mundo que já fez calos na mão de tanto brincar com joystick (pensaram bobagem, né?) já se deparou com essa situação.

Você está numa festa, no shopping, numa boate, no batizado da sobrinha do seu melhor amigo, na Missa de sétimo dia do diretor do banco que é seu cliente mas que você nunca viu mais gordo, enfim, em qualquer lugar, e aparece ela.

Roupas minúsculas, rosto pintado, argolona dourada nas orelhas, jóias/bijouterias em profusão, tatuagem estrategicamente colocada em algum lugar provocante, decote, calcinha minúscula aparecendo sob a calça branca (e justa), saia comprada na seção de 7 a 8 anos (detalhe: ela tem uns 25) de alguma loja de departamentos, enfim, o estereótipo da pistoleira, daquela mulher que você foi ensinado desde garotinho que "não é pra namorar", mas que curiosamente você gosta muito de olhar (e adoraria fazer mais um monte de coisas).
O fato é: homens gostam de mulher com pinta de pistoleira. Ponto. E quanto mais, melhor.
Note que ela nem precisa ser pistoleira mesmo, apenas parecer uma. Nunca subestime o poder da famosa "cara de puta".

Seja a gatinha que mostra os peitos na Twitcam, seja a mocinha que exibe tudo na praia, seja a bonitona que parou a boate. Eles as desejam, elas as detestam. Mas elas estão lá e não vão a lugar algum, porque desde que me entendo por gente estou ficando mais velho e as pistoleiras continuam da mesma idade.

Muitas não tem nada na cabeça, mas não é no conteúdo das cabeças delas que ninguém está interessado, e as que tem algo na cabeça deveriam usar isso a seu favor, pegando o que elas tem de melhor e fazendo com que seus namorados passem a olhar pra elas do mesmo jeito. Porque muita coisa do vizu "mulher-fácil" também dá pra ser usado pelas difíceis.

E você, meu amigo, não se espante com os dois(ou doze) dedos a menos da nova saia da sua namorada, com uma calça mais apertada ou um decote mais generoso, lembre que é bem melhor poder levar para casa aquilo que a gente admira.

E muito mais seguro do que ficar virando o pescoço na rua e depois se explicando, dizendo que é uma amiga da prima do vizinho que você viu passar.

5 Comentários:

o anão gigante postou 13 de agosto de 2010 09:29

Desde que não tenha pistola entre as pernas tudo bem.

claudia postou 13 de agosto de 2010 09:58

Tem periquete (ou pistoleira, como preferir) que é assim mesmo, escancara. Mas os homens perpicazes, os que olham além do óbvio, os que se detém nas sutilezas, encontram a pistoleira verdadeira, não a que gosta de público, mas a que gosta da ação, nos detalhes e aí amigo, é só partir para o abraço que a vida é breve e deveria mesmo ser só diversão.
Abraços,
Cláudia

SukaTsu postou 13 de agosto de 2010 10:07

Concordo e faço coro. E, se me permite, vou acrescentar que mais ou menos 90% das mulheres gostaria de parecer uma pistoleira, só que a maioria não tem coragem prá bancar o estilo.

Ruth Steinas postou 13 de agosto de 2010 10:22

É vero ! Toda mulher quer ser olhada, se sentir atraente, bonita e sexy e para isso ela não precisa ser facil. Às vezes se satisfazem apenas com os olhares dos homens esfomeados e seria mentira se eu falasse que não se satisfazem com os lhares das mulheres também. E se você tem uma namorada que chama atenção, cuide dela direitinho e fique tranquilo, pois como diz um amigo meu: "Pode olhar, quem come sou seu !"

SunnyIslander postou 13 de agosto de 2010 20:52

Eu comparo a relação da Mulher Pistoleira e os homens que adoram dar uma puxada no gatilho de vez em quando, a fast-food.

Você sabe que o conteúdo da comida é altamente duvidoso e que pode fazer mal a saúde mas ainda assim come de vez em quando porque é acessível, gostoso e satisfaz o bicho.

 
Template Contra a Correnteza ® - Design por Vitor Leite Camilo