Ah, o tempo...

Postado em 5 de out de 2009 / Por Marcus Vinicius

Não escrevo este post porque pensei exclusivamente nela, mas a Brigitte Bardot pode muito bem ser a versão pictórica dele. Existem duas BBs e penso ser isto um fato.

Temos a ninfa, linda e sensual que faria Matuzalém levantar da tumba se quisesse e temos a senhora meio doida e encarquilhada, misto de amante dos animais e comentarista xenófoba.

Entre a primeira e a segunda versões dela, encontramos ele, o tempo.

Ovídio dizia ser ele o "devorador das coisas". Não precisava ser um sábio como ele pra pensar nisso.

Quantas vezes não nos assustamos ao ver por onde anda aquele velho ídolo da infância? Ou a gostosona da televisão que deixava a gente doido? Acreditem: a Madonna já foi uma gatinha um dia, e não esse frango depenado que desfila por aí.

Tenho um monte de exemplos, quem foi criança nos anos 80 lembra do seriado CHiPs, não? Procurem só para ver como está agora o Eric Estrada...

Mas isso acontece com todo mundo, afinal, o tempo passa para todos, não é? A diferença é saber encará-lo com lucidez ou com estupidez, como o Mickey Rourke.

Mas pior mesmo são os reencontros reais. Pior porque raramente aquela pessoa está igualzinha depois de 10, 15, 20 anos.

Aí acontece assim: ou a mina esquisita e quatro-olhos da escola agora virou uma baita gostosa que vai te desprezar para dar o troco por toda a zuação que aguentou, ou...

Aquela guria por quem você era louco, pagou paixão e tentou de tudo sem funcionar, agora, depois de 20 anos, resolveu ficar afim de você.

Maravilha, não? Até seria, se ela não estivesse 20 quilos acima do peso e ainda trouxesse como "brinde" um pacotaço de 3 filhos e 2 ex-maridos. (Existe a versão masculina, é claro, do bonitão que virou um careca bigodudo com pêlos na orelha e bafo de onça).

A moral da história é que não devemos desprezar jamais o efeito que o tempo tem em tudo que nos cerca e o melhor a fazer é aproveitar o hoje, aqui e agora, porque depois poderá ser tarde demais.

E claro, colocar na lista de "coisas a fazer" muita dieta e ginástica (depilação das orelhas também é bem vinda).

7 Comentários:

soraya postou 5 de outubro de 2009 10:11

Conselho aos adolescentes da vez: Qndo vc se interessar por alguém, dê uma boa estudada no pai e na mãe da criatura. Vc pode estar vendo o futuro q está em suas mãos.

nerdlivre postou 5 de outubro de 2009 10:14

O problema é quando a gostosa e o bonitão, ficão melhores do que antes, ah... o tempo...

Virgínia Allan postou 5 de outubro de 2009 10:40

Muito bom... Eu namoro hoje um cara que já foi o bonitão da vez um dia... mas, aos meus olhos ainda o vejo assim. É por que o tempo emprestou-lhe certa magia que ainda não resolveu cobrar, não falo de juventude ou beleza fisica, falo de "carisma", algo que poucos possuem e conseguem conservar. O tempo nem sempre é tão inclemente... com alguns seres chega a ser até caridoso. Um abraço

Anônimo postou 5 de outubro de 2009 13:00

De qual escola você é!?

Rodox postou 5 de outubro de 2009 15:47

(Existe a versão masculina, é claro, do bonitão que virou um careca bigodudo com pêlos na orelha e bafo de onça).Euri, mas falando sério isso é um perigo e confesso que uma faca de dois legumes ops gumes. Tanto para melhor quanto para pior a transformação pode acontecer, mas que quando a pessoa fica feia aí sim somente assim ela vem atras de ti tentando reviver aquele amor juvenil estudantil.

démons et postou 5 de outubro de 2009 16:39

"O tempo é uma fábrica de monstros" - Newton Leitão

Fla Barbieri postou 5 de outubro de 2009 20:13

Concordo com tudo... ! Menos com a história de que a Madonna virou um frango depenado. Ah não !!
Ela continua linda !

:P

;)
*Smuaks*
Fla.

 
Template Contra a Correnteza ® - Design por Vitor Leite Camilo