Amigos, amigos...

Postado em 15 de out de 2009 / Por Marcus Vinicius

Quantos amigos você tem?

Após responder esta pergunta, pense no caso de precisar de almoço e jantar grátis todos os dias, durante duas semanas, e precisar encontrar um amigo que te forneça o rango na faixa durante todo esse tempo sem saber que só será por duas semanas e ainda assim continue abrindo a porta de casa pra você com um sorriso depois, digamos, do terceiro ou quarto dia.

Responda novamente agora, quantos amigos você tem?

Pense agora em quantas pessoas aturariam você ligando bêbado pra ela as 3:00 da manhã num dia de semana, pedindo que vá te buscar porque você está tão encachaçado que nem consegue andar direito, e além de não desligar na sua cara ou inventar uma desculpa e te chamar de "sem noção" depois, ainda levantaria da sua cama quentinha pra ir lá aturar sua carraspana.

Pense nisso e me responda, quantos amigos você tem?

Agora imagine que você namora aquela gostosa, e sabe-se lá porque deu uma sacaneada nela e ela está fula da vida contigo. O que ela faz? Procura alguém que você conhece pra "se vingar"(leia-se colocar um belo par de cornos). Quantos amigos você tem que não se aproveitariam disso pra fazer um test-drive na sua namorada-boazuda?

Aí me responda, quantos amigos você tem?

Pense em dinheiro emprestado, em seus dias de mau-humor, em dar uma voltinha no carango alheio, em quando você não está "legal", quando não é só sorrisos, etc, etc e me diga, quantos amigos você tem?

Convencionamos usar essa palavra "amigo" com a mesma displicência que utilizamos o "eu te amo", sem nos darmos conta de que isso é meio perigoso.

Óbvio que pra ser amigo mesmo ninguém precisa completar os 12 Trabalhos de Hércules pra provar e nem deixar de comer a Megan Fox por sua causa, mas passado aquele encantamento inicial de quando conhecemos um novo "amigo", até quando isso realmente dura?

Infelizmente, e na maioria das vezes, dura bem pouco. Certas amizades são como um iogurte, se não forem consumidas logo, perdem o prazo de validade.

Por isso existem os "conhecidos", que é uma espécie de pré-vestibular de "amigo", acho que é melhor fazer assim do que ingerir iogurte vencido, não é?

9 Comentários:

Solange Baumer postou 15 de outubro de 2009 09:31

Realmente...nunca pensei diferente.Amigas mesmo...tenho 2 nesses 39 anos caminhando pelo planeta.Dessas que posso falar tudo,ser eu mesma sem que elas saiam correndo como se eu fosse a pessoa mais defeituosa do mundo.E,sim,elas estão ao meu lado principalmente nas horas de maior tranqueira.E eu,claro,faço de tudo para corresponder.
Mas as pessoas confundem amizade com companhia.Compartilhar uma cerveja,um papo.Assim é fácil.Quero ver na hora que começa a feder...onde vão parar esses "amigos".Só os amigos de verdade aturam a fedentina juntos até passar.Sacou?
Beijos..

@Twittess postou 15 de outubro de 2009 11:04

Hahaha, muito real ;)
Otimo post ;)

Bruna postou 15 de outubro de 2009 11:20

Concordo plenamente com o que você disse. Muita gente está conosco nos melhores momentos de nossas vidas, nas glórias, na riqueza. E quando mais precisamos deles, eles não estão dispostos a nos ajudar. Sinceramente, acho que dá pra contar em uma mão os meus amigos de verdade.

MariaLara postou 15 de outubro de 2009 12:58

nossa desde o 2º paragrafo eu percebi que nao tenho amigos, isso realmente é triste .___.
adorei este post,realmente adorei irei visitar seu blog todos os dias,a procura de realidade :D

Alice postou 15 de outubro de 2009 13:11

Boa pergunta,isso me faz pensar em quantos amigos verdadeiros tenho e É nos momentos de sufoco a melhor hora de saber quem são nossos verdadeiros amigos...Gostei do post..

Roberto Peçanha postou 15 de outubro de 2009 13:13

Nossa adorei o post .. ótima reflexão que me ter ... amigos são poucos mesmo ... e graças a Deus tenho os meus ... a comparação com iogurte foi perfeita ....

Hj em dia o que mais escutamos é "amigo" pra la pra cá ... e a vulgarização do verbo amar ... sinceramente vivemos mesmo num mundo cercado de falsidades ... não que as pessoas queiram de fato serem falsas mas q o ambiente exige que tenha q ser alegre divertida .. tá mais ligada com a questão de aceitação ... pra quem não sabe olhar o prazo de validade .. pode passar muito mal quando toma o um iogurte vencido .. como vc falou!

Parabéns pelo Blog ... =)

naosenhor postou 15 de outubro de 2009 14:28

Na do "almoço e jantar por duas semanas", você matou uns 300 "amigos" meus, seu assassino...

Guilherme postou 15 de outubro de 2009 14:33

Essa pessoa descrita aí é a minha mãe! Só ela atura essas coisa.

Isabel postou 21 de outubro de 2009 09:30

Pô, então eu não tenho amigos e não sou amiga de ninguém... Hahahahaha!! Brincadeira....

 
Template Contra a Correnteza ® - Design por Vitor Leite Camilo