Nos tempos do Fotolog

Postado em 5 de mai de 2010 / Por Marcus Vinicius

Não sei se alguém ainda lembra de quando o Fotolog era o Twitter. Não, não fiquei maluco, houve uma época em que a "moda" na internet era o site-álbum, que teve seus 15 minutos de fama antes mesmo do Orkut.

Costumo brincar dizendo que o Orkut está para o Fotolog assim como o Twitter está para o Orkut. Um atropelando a fama do outro.

A rotina era quase invariável: a pessoa saía na sexta feira para alguma festa, boate, show, velório, baile da terceira idade, seja o que for, e levava sua câmera fotográfica, que na época nem precisava ser digital (scanner era equipamento obrigatório), tirava fotos fazendo pose, corria pra casa e publicava no Fotolog.

Muitas noites de tédio apareciam como baladas incríveis mais tarde no álbum.

Naquela época as câmeras digitais estavam no início de sua popularização, celular com câmera então nem pensar, o mais moderno que existia era um aparelho com tela colorida que não sabíamos pra que servia, já que não tirava fotos, não acessava a internet e se bem me lembro não se comunicava com o computador, logo nem fotos podíamos colocar no display.

Quem tinha uma câmera de 1.3 megapixels era ídolo e lixos como Breeze Cam e uma tal de TecPix (que vendia até no programa do João Kléber) eram levados a sério.

Mas voltando ao Fotolog, sabe como hoje causa estranheza alguém não possuir uma conta ou pelo menos não conhecer o Twitter? Pois é, naquela época era difícil quem não tivesse um Fotolog.

Era uma mistura de álbum do Orkut com microblog, ainda que o termo nem existisse. A pessoa colocava uma foto sua, um texto (podia ser maior do que 140 caracteres) e tinha um espaço para comentários de quem acessasse. Havia ainda um sistema de favoritos, que parecia muito com o sistema de followers do Twitter (havia também aquela coisa do "me favorita que eu te favorito?"), além do que a popularidade era medida pelo número de comentários, ainda que o sistema limitasse esse número.

Era comum a frase "conheço fulano só do Fotolog". E rolava aquela coisa tácita do elogio recíproco, sabe como é? Você podia postar uma foto com duas batatas-fritas enfiadas no nariz, peruca de palhaço e a boca aberta mostrando comida mastigada que sempre apareciam comentários dizendo que você é lindo, a foto é linda e tudo aquilo é um barato. Lógico que você tinha que retribuir elogiando o álbum alheio também.

A eterna busca de carinho virtual para substituir carências reais.

No rastro do Fotolog apareceram vários serviços idênticos como Flogão, Fotoblog e até Sexlog.

Mas por incrível que pareça, a afetação era menor. A inclusão digital também, então por pior que o nível pudesse ficar, não podia ser comparado com o charco que existe hoje.

Agora, 5 anos depois da última vez que coloquei uma foto ali, só quando alguém me lembra é que penso no Fotolog. Geralmente algum amigo daquela época, falando sobre fatos que estranhamente já estão tão distantes.

Visitei o site para escrever esse texto e encontrei tudo parado no tempo. Muita gente ainda atualiza seus perfis, mas a maioria parou mais ou menos na mesma época, entre 2005 e 2006, deixando tudo como estava, sem se preocupar em deletar o perfil. Até meu velho Fotolog (www.fotolog.com/mvrj) está lá, como se eu jamais o tivesse abandonado.

As mesmas festas, os mesmos sorrisos, as observações, os comentários, todo mundo mais novinho, tantas noites boas (ou pensam que só era tédio disfarçado?), tantos amigos que ficaram pelo caminho. A impressão é que alguma estranha invenção parou o tempo e que você está visitanto seu passado ali intocado, real, mas ainda assim intangível.

E o mais incrível é que mesmo sem fazer tanto tempo assim, já parece que passaram séculos.

Será que vai acontecer o mesmo com o Twitter? Será que daqui a alguns anos estaremos visitando nossos velhos hábitos, pensamentos, piadas, amigos e sentindo falta de tudo isso também?

Certeza mesmo é que só a saudade dura pra sempre.

7 Comentários:

Paula ϟ postou 5 de maio de 2010 10:49

"Oi amor, linda a foto, amei! Add nos F/F? :)"

AHSDUIHIAUHDI, falsidade diária era lei no Fotolog. Acho engraçado me lembrar das pessoas que "me amavam"... Hoje em dia creio que elas se arrependem (assim como eu) de um dia serem tão... repugnantes, por assim dizer.
É, a velha frase de "só conheço por Fotolog" fez parte do vocabulário de muitos adolescentes. Serginho e Marimoon que o digam!

Mas creio que o Twitter é bem mais do que um monte de fotos de "tédio disfarçado". Tem quem use as redes sociais para algo útil.
Você que o diga, não?! :)

Elines postou 5 de maio de 2010 10:49

Nosssa.... falando da Camera que vendia no programa do João Kleber me senti voltando no tempo..rss
Seu post tbm me fez lembrar de quando eu tinha orkut.. entrava de cinco em cinco minutos para ver se tinha recado... Isso sem falar que muitas vezes o orkut era motivo de briguinhas infantis com namorado..melhor amiga e por ai vai...

Cissa postou 5 de maio de 2010 11:17

Nunca tive fotolog, porque postar fotos dos últimos eventos, festinhas, "churras"... nunca foi muito a minha praia. No entanto, eu visitava alguns... Como acabei de visitar o seu!!! (eu e outras 20 e poucas mil pessoas... rs) e a única coisa que posso diser é: Que fofo!!! rs (desculpa a mesmice...mas vc é fofo em todos os sentidos...). Não precisa aprovar esse comentário não. rs Beijos!

João postou 5 de maio de 2010 11:42

Belíssimo post.
Bons tempos aqueles, do inicio da vida virtual de todo mundo. Lembro do comecinho do orkut, de quando as pessoas participavam das comunidades, das discussões quentes (hoje raras são as comunidades com participantes ativos)
Parabéns

Anônimo postou 5 de maio de 2010 12:46

Ah eu ainda tenho flog e posto uma vez por ano...
Bjokaass
@tigergirlsp

Isabel postou 5 de maio de 2010 14:45

Às vezes me sinto um ET de nunca ter entrado no twitter. Acredito até que tenha coisas interessantes rolando ali, mas de um modo geral, as pessoas falam tanta bobagem que acaba virando perda de tempo. A propósito, vc continua bonito como há 5 anos atrás! (viu como não estou de mau-humor hoje?) :)
Beijos

Jean Kleber postou 24 de dezembro de 2012 08:18

Que nostalgia...

Passei quase toda a minha adolescência utilizando essas redes sociais que hoje são consideradas "antiquadas" (Orkut, Fotolog, MSN, Octopop)...

Até bem pouco tempo atrás, haviam pessoas que sofriam preconceito só pelo fato de não terem uma conta no Orkut! E agora as pessoas são zuadas por terem conta no Orkut. Porque o Orkut se tornou uma rede social considerada "antiquada". E já estamos nas vésperas do fim do MSN (que será no início do ano de 2013).

E vai chegar o tempo em que o Facebook e o Twitter também vão deixar de ser tudo isso que são hoje, e também serão deixados de lado e substituídos por algo mais recente.

Para mim, infelizmente a "Era de Ouro" das redes sociais já acabou. Apesar de saber utilizar perfeitamente o Facebook, nunca consegui me acostumar com o Facebook...

As melhores pessoas que conheci na internet foram através do MSN, Orkut e Fotolog; e infelizmente, nenhuma dessas pessoas utilizam mais essas redes sociais. Todas elas se renderam ao "novo"; se esquecendo de que essas novidades não serão "novidades" para sempre...

 
Template Contra a Correnteza ® - Design por Vitor Leite Camilo