O país dos petralhas ou esquerdopatia faz mal à cabeça

Postado em 6 de nov de 2009 / Por Marcus Vinicius

O típico esquerdopata, aquele de jeans surrado, barba por fazer e, de preferência, uma camiseta com o Che Guevara estampado, é uma peça de estudo bastante interessante.

Podemos encontrar toda espécie de esquerdóide possível. Os assumidos, os dentro do armário, mas a esmagadora maioria tem esse traço de personalidade: truculência, falta de educação e a tendência em achar que o uso de vernáculo de baixo calão irá amedrontar ou mesmo intimidar alguém.

Passeiem pelos foruns que falam de política na internet e entenderão o que digo.

Eles compram suas camisas e outros apetrechos com a foto do "comandante" na Cavalera por quase R$200,00 e militam pelo fim das "misérias" do mundo, curiosamente apoiando os governos que mais miseráveis produzem entre seus cidadãos como Cuba ou Venezuela.

São os guerrilheiros de shopping center, militantes de apartamento, piqueteiros de corredor.

Uma vez alguém me disse muito bem que militante é para isso: militar, não pensar. Concordo totalmente. Mostre a essa gente o céu azul que se em algum de seus "livrinhos" estiver escrito que o mesmo é vermelho, eles berrarão, ululantes, que o céu é escarlate e pronto, o resto é tramóia dos Estados Unidos e da "direita".

São tão imbecis que ainda acreditam que estas velhas e carcomidas ideologias possam determinar claramente o que se faz de bom ou mal no mundo e enquanto canalhas anacrônicos e aproveitadores como Chávez, Morales e Correa levam um continente a constantes tensões e praticam o mais raso populismo em nome de uma tal "revolução bolivariana", recusando-se a entender que estas velharias estão na posteridade do século XX, defendendo-as e propagando-as como uma "boa nova".

Vivem algo que acabou e só sobrevive nesta paupérrima máquina do tempo sul-americana.

Na Venezuela, por exemplo, não se tem nem leite para beber, pão para comer, mas o proto-ditador de camisa vermelha não deixa faltem discursos e boquirrotice.

Tal qual Cuba, morrendo de fome e presa no século XX, sem comida, sem habitações decentes e com médicas e engenheiras trabalhando como prostitutas para complementar renda, lá não faltam palavras de ordem, inimigos externos que unam o país e a eterna luta do bem (o governo e seus áulicos, obviamente) e o mal (qualquer tipo de oposição).

Mas o incrível é que estes esquerdóides todos adoram esses ditadores de meia pataca, mas nenhum vai lá pro paiseco deles viver na miséria e na opressão e o pior é que as pessoas que não querem isso para si, seja em que lugar do mundo for, é que são taxadas de "reacionárias e autoritárias".

Realmente! Os Estados Unidos são uma ditadura sanguinária. Por isso é que lá as oposições tem tratamento tão rude e opressor. Bom mesmo é ser oposicionista na China, em Cuba ou na Chavezlandia.

Façam-me o favor: vão se informar e se reciclar. Afinal, o ano novo de 2000 para 2001 já aconteceu faz bastante tempo.

7 Comentários:

samira naim postou 6 de novembro de 2009 09:43

já tive a oportunidade de conhecer alguns destes "militantes" que faziam muitas críticas a mim quando eu recomendava que fossem viver por lá.
mas não fiquei nada surpresa quando eles se tornaram "situação" e passaram a morar em mansões com mordomos.
ficaram ricos da noite para o dia....

mvsmotta postou 6 de novembro de 2009 09:45

Samira,

Um mesmo é o Lindberg, prefeito de Nova Iguaçu, mas que gosta mesmo é de um bom prosecco e de viver na Zona Sul do Rio.

É o típico esquerdóide festivo, que adora dividir as riquezas DOS OUTROS.

Abraços!

Danilo B. postou 6 de novembro de 2009 09:54

As pessoas clamam por um herói, e um dia ele aparece. O problema não é o sistema político, a cultura ou a roupa que eles vestem. O problema é excesso de poder na mão desse herói.

Todos os heróis políticos que chegaram ao poder, mais especificamente os revolucionários, acabaram se tornando ditadores.

Che Guevara também se tornaria um se tivesse tido tempo. Aliás, pra mim Che Guevara era um idiota.

Solange Baumer postou 6 de novembro de 2009 11:52

Esses ditos "militantes" mudam rapidinho de ideologia quando experimentam estar na situação.Minha cidade,por burrice popular na última eleição,colocou no poder o PT.E adivinha?Bolsos cheios,viagens,e coisas que antes éram criticadas a ferro e fogo.E não bastasse...hospitais cheios,praças abandonadas,ruas esburacadas.E adivinha de quem é a culpa?Do governo anterior...evidente!Afinal,bom político é igual bom ladrão,que rouba e ainda faz o dono das mercadorias ser preso...
Certo estava meu falecido pai que abominava qualquer foice e martelo sob o manto vermelho obscuro...

Rafael Fiorito postou 6 de novembro de 2009 12:57

Danilo B.,

Che já tinha vários traços ditatoriais e apresentava clara tendência a uma centralização indevida do poder, nada relacionada a utopia do comunismo.
Para mim, Che nao deveria ter se tornado um mártir tão popular.

Lomyne postou 7 de novembro de 2009 18:09

Eu consigo fazer uma lista enorme de erros nos papos dos esquerdistas, mas acho que o melhor mesmo são as histórias que meu pai voltou contando depois de passar um mes em Cuba, no interior do país... Pra mim, socialismo/esquerdismo é pira de adolescente que precisa contrariar os pais. Em adultos eu não consigo nem imaginar justificativa.

Marcus Corrêa postou 7 de novembro de 2009 20:55

Marcus
Eu estudei Filosofia na UERJ, lembro que numa época de eleição (não me recordo agora qual), dois "militantes" do PT queriam me convencer a votar no candidato deles, os dois pareciam personagens de tão caricatos que estavam (camisa vermelha, colete, boina, etc..), ai, quando me perguntaram porque, eu como estudante universitário não votaria num candidato de esquerda, respondi assim: "Voc~es trabalham? Ja trabalharam algum dia, sabem o que é acordar cedo e pegar um onibus lotado para ir para o batente? Não né, são filhinhos de papai, que ganham suas mesadas e nem tem nenhuma preocupação. Então no dia que vocês souberem o que é trabalhar de VERDADE, ai sim , venham me fazer propaganda do PT, até lá voces não tem o DIREITO de se denominar comunistas ou qualquer merda parecida..." os dois sairam de fininho me chingando.
Mas eu não estava certo na minha opinião?
Porque TODO estudante universitário teria a obrigação de ser de ESQUERDA? Detesto esses rotulos e sou ANARQUISTA!

 
Template Contra a Correnteza ® - Design por Vitor Leite Camilo