Pés e Mãos

Postado em 10 de jun de 2010 / Por Marcus Vinicius

Uma antiga reportagem que li uma vez contava que certas celebridades cuidam muito do rosto, mas esquecem dos seus pés, alguns horríveis e mal cuidados, verdadeiro red carpet de joanetes, calos e unhas encravadas.

Poucas coisas dizem mais sobre uma mulher do que seus pés e mãos, reveladoras extremidades. Antes de olhar para trás quando ela passa, conferindo as formas, antes de permitir que o olhar caia como a matéria de uma prova final dentro do seu decote, antes mesmo de avaliar o trópico da sua cintura, prefiro prestar atenção nos seus pés e mãos.

Confesso o crime sem pudor algum. Acho um verdadeiro espetáculo mãos bem feitas, de palmas rosáceas e aparência macia; pés cuidados com dedos em escadinha. E como são reveladores estes detalhes! E também as suas mais variadas combinações.

É muito bonito mãos com cores mais fortes, vermelho, café e até azul marinho. Já os pés ficam lindos de branco, rosa ou até sem cor alguma. Mas se até os pés estão em escarlate, o homem tem todo o direito de imaginar mil coisas, só as melhores, porque isso equivale quase ao aviso de que ela vai se depilar. Não tem como não sonhar.

Até mesmo desleixos caprichados são interessantes, como um pedacinho descascado aqui e ali, simulando que ela nem liga para algo com que tanto se importa. Essa aliás é uma das mágicas típicas da mulher, ser despojada, meticulosa e encantadora, tudo ao mesmo tempo, fazendo com que o homem acredite de verdade que nada daquilo foi sua intenção.

Um sorriso, uma mordidinha no lábio inferior, as mãos passando pelos cabelos, cada gesto vale uma foto, uma captura para eternizar o momento que ela finge que nem existiu.

Assim como encena não ter escolhido um esmalte de cor mais chamativa e um perfume provocante para merecer um elogio em forma de amasso, de beijo molhado, de urgência no elevador. Sou naturalmente observador, gosto de perceber como o caimento de uma pulseira se ajusta à forma do pulso, um anel valoriza os dedos longilíneos, uma tornozeleira evidencia a canela grossa, impositiva.

Uma bela mulher passando é mais eficiente do que 10 oficinas de roteiro, e nenhuma boa história existe sem seus detalhes, sem enredo, sem despertar o interesse do leitor.

Da mesma forma não acredito na beleza do todo, sem a beleza do pouco. Uma pessoa bonita assim o é por causa do olhar, do formato das sobrancelhas, dos pelinhos nos braços, de uma covinha no queixo, de pés que transportem graciosamente e mãos que apresentem o todo ao cumprimentar.

Descobrir a beleza de verdade não é fast-food, é conversa demorada à mesa. Não é refrigerante, é bebida degustada. Não são "os finalmentes" e sim longas, demoradas e quase doloridas preliminares. Quem tem pressa perde os detalhes e quem negligencia os detalhes fica sem saber qual o verdadeiro gosto do todo.

11 Comentários:

DiarioBruxa de uma postou 10 de junho de 2010 12:06

Poucos homens sao tao sabios quanto voce Dear. Parabens pela sensibilidade.

Bjocas

Rosi postou 10 de junho de 2010 12:08

Ótimo post! Concordo plenamente que não devemos descuidar-nos das extremidades. E admito que também observo pés e mãos dos homens!

Reh C. postou 10 de junho de 2010 12:11

Maravilhos post, inspiração para o dia dos namorados, ou o namorado muda ou a gente muda de namorado depois de ler esse post..Rs..
Parabéns!!

@Reh_Co

Priscila P. B. postou 10 de junho de 2010 12:15

Lindo post, adorei!!

Carolina Milka postou 10 de junho de 2010 12:27

Lindo o post, parabéns *-* Poucas pessoas sabem admirar os pequenos detalhes.

Daniel Beiragrande postou 10 de junho de 2010 12:49

Excelente. Simples assim.

Isabel postou 10 de junho de 2010 13:06

Acho que vou correndo na manicure...
:)

Anônimo postou 10 de junho de 2010 13:40

Tento sempre estar "em dia" com esses detalhes. Aliás, para mim, não são considerados detalhes. E fico muito feliz em saber que existem homens que reparam dessa maneira nisso. Vale nosso esforço sim!! É tão bom ser mulher...
Mari_cap

Niana postou 10 de junho de 2010 14:40

É com grande rubor na face que digo que me sinto mal amada quando leio seus posts! Quanto a esse em específico, eu também tenho fissura por mãos e pés, só que de homem. O cara não precisa fazer unha, mas deve pelo menos deixar pequena e limpa. São detalhes que mostram muito nossas diferenças (menina X menino), e a força do homem, por mais machista que seja, é um grande atrativo!

Anônimo postou 10 de junho de 2010 19:00

Mais bonito do que tudo isso é uma mulher calada. [rs]

Mais uma vez parabéns pelo Blog.

merry postou 14 de junho de 2010 09:16

Adorei o post, quando você fala que gosta de perceber o caimento da pulseira e coisa e tal realmente deixa nós mulheres felizes, pois alguém tem sensibilidade para notar coisas tão sutis.

 
Template Contra a Correnteza ® - Design por Vitor Leite Camilo